quarta-feira, 13 de julho de 2016

Quero um relacionamento livre

 Se você quer um namoro restritivo, você está com a pessoa errada. Se você quer proibições sobre amizades, saídas ou coisas do tipo... você realmente está com a pessoa errada.
 Sou jovem. Você também é. Nenhum dos dois tem um vasto conhecimento sobre o amor, mas até onde sei, amor não é restritivo. Amor é liberdade. Eu faço o que quero, você faz o que quer e ainda sim no final do dia ainda vamos estar juntos.
  Eu não quero viver em uma bolha, cheia de restrições a amizades, a lugares onde devo ou não ir, a roupas que devo ou não usar, a batons que devo ou não passar... você sabe que eu sou uma confusão pura. E não gosto de ninguém que queira restringir essa minha confusão. Por tanto, seguindo a lógica, se eu não quero viver restringida eu não te restringirei. Não quero que você fique comigo porque eu não te dei opções. Quero que você fique comigo porque em meio as opções, eu fui a que mais te agradou. 
  O mundo anda cheio de relacionamentos super proibitivos disfarçados de relacionamentos super carinhosos e cuidadosos, sabe? Eu não quero que o nosso seja assim. Não quero que você desista da sua vida por mim, até porque eu não vou desistir da minha. Não quero que você deixe de ser você para ser quem eu quero que seja.
  Não é que eu não te ame ou não tenha carinho e cuidado por você. Muito pelo contrário. Eu te amo, então te quero feliz. Não quero que você seja um pássaro preso em uma gaiola. Quero que você voe, assim como eu quero voar. Quero que viva bem, assim como eu quero viver. Quero que ao final dos nossos dias, ambos tenham coisas novas para contar um para o outro. Quero crescer individualmente e quero que você também faça isso.
  Espero que nós possamos ser livres um com o outro. Livres e felizes, assim como deve ser.






 Este texto foi escrito desta forma, pois ao ler um outro texto essa semana percebi que há muitos relacionamentos onde uma das partes proíbe a outra de fazer algo, pois acha a ação pode encaminhar a uma traição ou coisa do tipo. Espero do fundo do meu coração que por meio desse texto eu tenha conseguido passar a minha visão sobre como deve ser um relacionamento. 
 É isso. 
 Muito amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário